Por: Cooperativa Integrada

Ter, 6 nov 2018

Mensagem do agrônomo

Em períodos de chuvas intensas, o produtor que cultiva soja deve ficar atento em relação ao aparecimento de doenças devido ao excesso de umidade. O coordenador técnico da Integrada em Londrina, Aleandro de Carvalho, afirma que as chuvas trazem benefícios, mas também podem trazer doenças.

O agrônomo explica que quando a água da chuva cai sobre o solo, os respingos d´ água que incidem sobre as folhas das plantas podem levar inóculos de doenças para a soja, o que resulta em um aparecimento de doenças mais cedo na cultura. Para prevenir que doenças não se espalhem pela lavoura, o coordenador técnico recomenda a aplicação de fungicidas um pouco mais cedo.

Vale lembrar que, antes de qualquer atitude sobre o manejo da lavoura, é recomendada a orientação de um engenheiro agrônomo.

Ferrugem da soja

O clima quente e úmido já fez com que aparecesse o primeiro foco de ferrugem em uma lavoura paranaense. De acordo com informações da Embrapa Soja, além desse foco em área comercial, o site do Consórcio tem mostrando a presença de soja voluntária com ferrugem em várias regiões produtoras, indicando a presença do fungo.

Outras notícias

  • Integrada se consolida como a 6° maior cooperativa do Sul do Brasil

    Ranking do Valor 1000 apresenta as maiores empresas do País. Cooperativa londrinense conquistou duas posições

    Ler
  • Um cenário quase perfeito

    Alta produção nas commodities e preços aquecidos projetam aquecimento no agronegócio brasileiro

    Ler
  • Mapa ambiental no agronegócio

    Supervisor da Embrapa Tecnologia apresenta pontos positivos em relação à produção agrícola e o meio ambiente

    Ler
  • Integrada recebe certificação Great Place to Work

    A cooperativa foi certificada nacionalmente como um excelente lugar para se trabalhar

    Ler
  • O clima e a safra

    Clima ajuda os produtores na colheita do milho

    Ler